“NOTÍCIAS DE LAFÕES” é um jornal independente orientado por critérios de imparcialidade,

objectividade, rigor e isenção que permitam guardar equidistância em relação às instituições, sejam elas de carácter político, religioso, económico ou outro.


No desenvolvimento da sua actividade obriga­se a:


1. Respeitar todos os normativos legais estabelecidos para o sector, não permitindo o aproveitamento do seu conteúdo a favor de outros interesses que não sejam os que são definidos no presente estatuto.

2.­ Contribuir para o esclarecimento da comunidade, noticiando e promovendo o debate de ideias, principalmente as que digam respeito ao desenvolvimento integrado da região.

3. Colaborar com as diversas instituições que não tenham fins lucrativos, ajudando à formação e realização dos seus objectivos.

 

LEI DA TRANSPARÊNCIA

DIVERVOUGA – DIVERSÕES DO VOUGA, LDA

ESTRUTURA DO CAPITAL SOCIAL

Relação dos titulares

- Lino Augusto Vinhal: 80%

Participação noutros órgãos de comunicação social:

Rádio Regional do Centro, Lda.: 80%

Rádio Soberania – Empresa de Radiodifusão, Lda.: 90%

Regivoz – Empresa de Comunicação, Lda.: 50%

Sociedade Editora Lafonense, Lda.: 50,92%

António Sousa Herdeiros, Lda.: 94%

 

- António Carlos Ferreira Rodrigues Figueiredo: 5%

- Aurélio Gomes de Almeida: 5%

- Eurico Gomes de Almeida: 5%

- José Nicolau Gomes Figueiredo: 5%

 

FLUXOS FINANCEIROS

Capital próprio: 17 739,32 €

Activo total: 61 728,87 €

Passivo total: 43 989,55 €

Resultados operacionais ou resultados antes de depreciações, gastos de financiamento e impostos: 8 910,15 €

Resultados líquidos: 7 144,22 €

Montantes dos rendimentos totais: 50 847,19 €

Montantes dos passivos totais no balanço: 43 989,55 €

Montantes totais dos passivos contingentes com impacto material nas decisões económicas: Não tem

Relação das pessoas singulares que representem mais de 10% dos rendimentos totais: não tem.

Relação das pessoas singulares ou coletivas que representem mais de 10% da soma do montante total de passivos no balanço e dos passivos contingentes com impacto material nas decisões económicas: não tem.

RESPONSÁVEL PELA ORIENTAÇÃO EDITORIAL E SUPERVISÃO DOS CONTEÚDOS DIFUNDIDOS

Márcia Páscoa Carvalho

________________________________________________________________________________________________

 

REGULAMENTO DE PROTECÇÃO DE DADOS PESSOAIS

            Com a entrada em vigor do novo regulamento europeu de protecção de dados pessoais a 25 de Maio de 2018, só podemos continuar a comunicar consigo se der o seu consentimento expresso, através da revalidação do seu nome e email.

            Dando-nos o seu consentimento, podemos continuar a comunicar consigo, através do marketing digital,  partilhando newsletters, convites para eventos, acções promocionais e outras informações que lhe poderão ser úteis.

            Poderá dar-nos o seu consentimento enviando email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. , no qual revalida o seu nome e email.

 

POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DE DADOS PESSOAIS E DE PRIVACIDADE

 

  1. Utilização dos Dados Pessoais, de pessoas singulares:

            Os dados pessoais autorizados a tratamento destinam-se à realização de acções de marketing de produtos e serviços comercializados pela Divervouga – Diversões do Vouga, Lda. Os dados pessoais não serão transmitidos a outros, nem serão utilizados para fins diferentes daqueles consentido.

  1. Finalidade:

            O tratamento dos seus dados pessoais tem os seguintes fins:- fornecer os produtos e prestar os serviços solicitados; - entrar em contacto com o cliente na eventualidade de uma alteração do horário marcado, do prazo de entrega ou outro assunto de interesse para o cliente, inerente à concretização da relação contratual; - utilizar as informações de pagamento do cliente para fins de contabilidade, faturação, controlo e auditoria e para detetar e/ou prevenir situações de incobráveis; - utilizar os dados do cliente para fins administrativos ou legais, nomeadamente a análise estatística e de marketing, teste de sistemas, inquéritos a clientes, manutenção e desenvolvimento ou para tratar de um litígio ou reclamação; - Desenvolver acções de marketing digital, nomeadamente divulgar novos conteúdos e lançar produtos, enviar newsletters, convidar e divulgar eventos ou acções promocionais. Estas acções requerem autorização prévia do cliente, podendo os dados pessoais ser a qualquer momento, e a pedido, limitados, retificados ou removidos.

  1. Responsável pelo tratamento de dados pessoais:

            A Divervouga – Diversões do Vouga, Lda é a responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais, por meios automatizados ou não, desde a sua recolha, organização, conservação, até à eliminação.

  1. Contactos:

             A Divervouga – Diversões do Vouga, Lda é uma sociedade comercial por quotas, registada na Conservatória do Registo Comercial de S. Pedro do Sul, pessoa coletiva número 502 511 150, com os seguintes contactos: Rua Direita, nº 48 – 1º andar, 3660 – 489 S. Pedro do Sul; telefone 232 728 439 e fax. 232 728 440 e e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

  1. Prazo de conservação dos dados:

            Conservaremos os seus dados pessoais durante um período de 10 anos, findo o qual, iremos eliminá-los ou destruí-los em segurança. Até lá, os dados serão guardados e conservados até instruções expressas em contrário, ou até que a lei ou decisão judicial transitada em julgado exija a sua eliminação.

  1. Direito de acesso, retificação, apagamento, limitação, oposição e portabilidade dos seus dados:

Tem o direito de, sempre que quiser pedir para:

-        aceder aos dados que nos indicou;

-        rectificar seus dados;

-        apagar dos seus dados;

-        limitar o tratamento dos seus dados;

-        se opor ao tratamento dos seus dados e

-        se proceder à portabilidade dos seus dados para entidade por si indicada.

  1. Direito a reclamar:

            Caso considere que os seus dados não estão a ser tratados em conformidade com a legislação aplicável, designadamente europeia e nacional, lembramos que tem o direito de apresentar reclamação a uma autoridade de controlo (https://www.cnpd.pt/bin/duvidas/queixas_frm.aspx).

 

 

Já está concluído o projecto que visa a requalificação do ‘Balneário Romano’, sito nas Termas de S. Pedro do Sul, faltando apenas luz verde do poder central para o arranque da obra. Trata-se de um equipamento com mais de dois mil anos de história e que vê agora a oportunidade de ser reabilitado [ver projecto]. O investimento ronda um milhão e quinhentos mil euros. Sobre o ‘Balneário Romano’, o vereador Francisco José de Matos deu a conhecer que a sua requalificação “é vital”, por ser o “único monumento romano construído, em Portugal, que se encontra ainda num estado razoável de conservação e que teve a mesma utilização inimpterruptamente durante dois mil anos, ou seja, desde o século I ao XIX, sempre como fonte de saúde”. Assim sendo, a Câmara já fez a sua parte, através da realização de todos os projectos necessários, incluindo nas especialidades para que a obra possa avançar a qualquer momento.

 

 

Leia notícia detalhada na edição impressa.

 

O Grupo Media Centro é uma estrutura regional de comunicação social constituída por três rádios locais em Coimbra e Aveiro (Rádio Regional do Centro, Rádio Soberania e Rádio Botaréu), vários jornais nos distritos de Coimbra (Campeão das Províncias, O Despertar e Independente de Cantanhede), Aveiro (Beira Vouga) e Viseu (Notícias de Vouzela e Notícias de Lafões) e diversas páginas na Internet, associadas a cada um destes órgãos de informação.

Entre os pontos fortes defendidos por esta estrutura de comunicação destaca-se uma articulação que permite, simultaneamente, dar ao leitor uma informação abrangente, fidedigna e completa, e fornecer ao anunciante alternativas de publicidade de acordo com a estratégia de divulgação que este pretende adoptar.

Particularmente útil para quer deseja promover o seu negócio ou empresa, o Grupo Media Centro sugere um modelo que permite, conforme as pretensões do anunciante, cobrir toda a região Centro – investindo em toda a rede de rádios e jornais do grupo e beneficiando de uma equipa personalizada que lhe garante uma correcta distribuição das mensagens publicitárias, ao mesmo tempo que verá substancialmente reduzidos os respectivos custos –, ou abranger apenas um concelho, optando pelo meio de comunicação que melhor penetração tenha nesse espaço geográfico. A mesma estratégia é seguida se o cliente quiser chegar ao público de vários concelhos, evitando uma grande dispersão das campanhas publicitárias e a consequente ineficácia.

O lema do Grupo Media Centro é, pois, mais eficácia e menos custos, o conceito que seguimos, que nos tem dado experiência reconhecida e que colocamos ao serviço das inúmeras empresas que nos procuram e que confiam na nossa estrutura para divulgar a sua actividade e promover o seu negócio.