Foram assinados, recentemente, os protocolos de transferência da gestão da água das freguesias para a autarquia sampedrense, dando assim cumprimento à legislação em vigor que assim o obrigava, desde Janeiro deste ano. Nesta cerimónia, estiveram presentes três dos quatro autarcas abrangidos por esta imposição. De fora, ficou o da junta de Sul que chegou “a acordo de princípio com a autarquia”, na manhã da assinatura dos protocolos e, como tal, só o assinará após aprovação do documento em Assembleia de Freguesia. Contudo, outras notícias avizinham-se e serão vistas com bons olhos pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social, bem como por famílias numerosas ou a passar dificuldades financeiras, uma vez que, de acordo com o presidente da Câmara “o próximo passo será alterar o Regulamento Municipal para desta forma poder isentar ou reduzir as taxas de consumo de água”.

 

Leia notícia detalhada na edição impressa.