Na última reunião pública do Executivo da Câmara Municipal de S. Pedro do Sul, o vereador da oposição PSD, Rogério Duarte, abandonou a sessão em protesto pelo presidente da autarquia, Vítor Figueiredo, não lhe ter dado a palavra. Tudo aconteceu no período antes da ordem do dia, cerca de uma hora e vinte minutos após o início da reunião, numa altura em que a maioria tinha respondido a questões levantadas. Assim, e no último assunto a ser discutido neste período, Rogério Duarte quis voltar a falar depois da intervenção do presidente da Câmara, o que lhe foi negado. Vítor Figueiredo declarou que não. O vereador não gostou e depois de uma troca de palavras afirmou que se não podia falar ia-se embora. O presidente da autarquia disse-lhe que estava à vontade para fazer o que entendesse e assim foi. Rogério Duarte pegou nas suas coisas e saiu porta fora.

Leia notícia detalhada na edição impressa.