A típica e reconhecida aldeia da Pena, em S. Pedro do Sul, poderá, num futuro próximo, abrir as suas portas para o Ecoturismo. Se tal acontecer, os proprietários poderão disponibilizar as suas habitações para pequenos albergues ou unidades de alojamento. Os espaços públicos da aldeia também não serão esquecidos e serão preservados e dinamizados, tendo sempre como finalidade a componente turística. O projecto nasceu da vontade de duas entidades - Câmara Municipal e Universidade da Beira Interior – e tem por intuito regenerar a aldeia da Pena. No terreno, uma equipa de docentes/investigadores do Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura da UBI está a desenvolver o trabalho de investigação e a falar com os poucos habitantes existentes na aldeia sobre o que poderá ser feito. Contudo, a decisão final será sempre dos proprietários. Refira-se que a Pena é uma aldeia típica de xisto com menos de dez habitantes, situada num vale profundo da Serra de São Macário, com uma beleza ímpar que não deixa ninguém indiferente e onde os carros não entram.

 

Leia notícia detalhada na edição impressa.