Vinte e oito bebés foram apoiados, no ano passado, com 50,00 euros mensais, até completarem um ano de idade, no âmbito do projecto de intervenção social “S. Pedro mais Solidário”, que a Câmara Municipal de S. Pedro do Sul criou com o objectivo de incentivar a natalidade. Assim, através do programa municipal ‘Mais Natalidade’, esta autarquia investiu 8.692,58 euros, com o intuito de “incentivar o nascimento de crianças no concelho e ao mesmo tempo apoiar o comércio local, uma vez que as verbas dadas a esses pais têm que ser gastas neste município, pois caso não o façam não recebem as tranches seguintes” – informou a vereadora da autarquia sampedrense, Teresa Sobrinho. Entretanto, Teresa Sobrinho esclarece que “é claro que sabemos que isto é uma gota no oceano e temos plena consciência que esse apoio é apenas uma ajuda; mas também é um sinal claro que queremos dar à população, para que nasçam mais crianças”. Neste seguimento, a vereadora acrescentou que, “no caso do concelho de S. Pedro do Sul, houve mesmo uma diminuição de nascimentos”.

Leia notícia detalhada na edição impressa.