No mês da prevenção [Abril] dos maus-tratos na infância, a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de S. Pedro do Sul (CPCJ) associou-se à iniciativa por considerar que esta comemoração serve para sensibilizar a comunidade em geral para a importância desta calamidade, remediando situações emergentes, com as quais lidamos diariamente. Para a presidente da CPCJ local, Teresa Sobrinho, aderir a esta causa "revela-se muito importante, pois pretendemos agitar a consciência da comunidade e despertar a sua atenção para formas de maus-tratos infantis a que muitas vezes fechamos os olhos”.

 

Leia notícia detalhada na edição impressa.