A Câmara Municipal de S. Pedro do Sul aprovou, recentemente, em sede, as contas do ano 2014, e deu conta que reduziu a dívida municipal em três milhões de euros. Resultado que o Executivo considera extraordinário, tendo em conta que no ano anterior eram nove milhões de euros que estavam no vermelho. Contactado pelo nosso jornal, para que nos fizesse uma análise sobre essas mesmas contas, o vice-presidente da Câmara e vereador com o Pelouro Financeiro, Pedro Mouro, congratulou-se pelos resultados apresentados, considerando-os mesmo “excepcionais” e “acima das expectativas”. Já em termos de prazos médios de pagamentos, no final de 2013, a autarquia demorava em média 145 dias a pagar, passando no final de 2014, a 115 dias.

 

Leia notícia detalhada na edição impressa.