No passado Sábado, dia 7 de Dezembro de 2013, no Pavilhão Municipal de S. Pedro do Sul, perante bastante público entusiasta, o Clube Bola Basket, no escalão de Sub 16 masculinos, sagrou-se campeão distrital no campeonato da Associação de Basquetebol de Viseu e de Coimbra. Após vencer a fase distrital o referido escalão ascende à fase de acesso ao campeonato nacional, onde disputará, brevemente, encontros com outras equipas vencedoras dos distritos a que estão agregadas. Caso obtenha bons resultados a equipa do Clube Bola Basket pode aceder ao campeonato nacional ou segue para a taça nacional, ambas inseridas na programação da Federação Portuguesa de Basquetebol.

Foi aprovada na última reunião pública da Câmara Municipal de S. Pedro do Sul [19 de Dezembro], o orçamento para 2014, com o valor mais baixo desde 2002, ficando fixado em 21967,43 euros. Segundo o vice-presidente da Câmara Municipal de S. Pedro do Sul, Pedro Mouro, trata-se “do orçamento mais baixo desde 2002 e também, por isso, é o mais realista”. Pedro Mouro refere-se ao facto de se aproximar mais “dos valores médios de execução dos últimos anos”. Para além disso, explicou: “pensamos que é mais realista comparativamente a outros por priviliegiar dotações que vão mais ao encontro das necessidades básicas das populações. Estamos a falar em reforços substanciais na área da acção social (apoio à natalidade, aos estudantes universitários e à habitação), bem como no que concerne ao saneamento e à qualidade da água”.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

Com o objectivo de ajudar jovens universitários do concelho de S. Pedro do Sul com parcos recursos económicos, a Câmara Municipal vai disponibilizar, a partir de Janeiro de 2014, apoios pontuais e específicos de acordo com as necessidades dos mesmos. Ou seja, segundo a vereadora na autarquia sampedrense, Teresa Sobrinho, “nem sempre as bolsas de estudo são suficientes para fazer face às despesas e o que gostaríamos é de apoiar esses jovens através de um complemento monetário”.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

No concelho de S. Pedro do Sul, as Grandes Opções do Plano de Actividades para 2014 já foram aprovadas em reunião de Câmara e prevêm, para além das reparações da rede viária, da implementação da água ao domicílio e do saneamento básico, entre outras, a construção de um parque industrial na freguesia de Pindelo dos Milagres, a edificação de uma Estação de Tratamento de Águas (ETA), que poderá ficar situada nas Massarocas, a valorização das margens dos rios Vouga e Sul, entre outras acções. Para o presidente da Câmara Municipal de S. Pedro do Sul, Vítor Figueiredo, tratam-se de obras importantes que vão trazer melhorias para o concelho em todos os níveis.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

Em 2014, a Câmara Municipal de S. Pedro do Sul vai dar início a políticas de inventivo à natalidade, atribuindo 50 euros mensais a todas as crianças nascidas a partir de Janeiro, com pais residentes no concelho. A vereadora na autarquia sampedrense, Teresa Sobrinho, explicou que se encontra neste momento a elaborar o regulamento que rege esta medida. Contudo, evidenciou que obrigatoriamente estes 50 euros terão que ser gastos no comércio local do concelho, em produtos para bebés, relacionados com a sua educação e bem-estar, onde os pais deverão entregar na autarquia os recibos comprovativos dessas mesmas despesas para lhes ser atribuído o apoio mencionado. Sobre até que idades este apoio será dado, Teresa Sobrinho pouco levantou o véu sobre o assunto, deixando apenas no ar que até ao primeiro ano de vida será com certeza, podendo o mesmo estender-se por mais dois anos. No que respeita aos objectivos que levaram a Câmara Municipal a implementar este incentivo à natalidade, a vereadora informou que “estamos a deparar-nos com um problema em termos concelhios que está relacionado com a diminuição da natalidade, o que afecta todo o sistema económico, cultural e social do Município. Neste sentido, para termos uma economia relançada, profícua e em crescimento temos que ter pessoas que se fixem no concelho e sendo pais com crianças é uma aposta no futuro e no desenvolvimento sustentável do mesmo”.