Ligar a Avenida Sá Carneiro à Estrada Nacional 227, para tirar o trânsito do centro da Cidade, é uma das apostas do presidente da Câmara Municipal de S. Pedro do Sul, Vítor Figueiredo. Para tal, segundo nos disse, está a iniciar a negociação para a compra de terrenos junto ao edifício da antiga cadeia, no prolongamento da Avenida Sá Carneiro, com vista a essa mesma ligação, mas também para criar um novo parque de estacionamento [continuação do já existente], com 140 lugares. Quanto à negociação para a aquisição dos terrenos, o presidente da Câmara, Vítor Figueiredo, disse que “estão a decorrer conforme o previsto, contudo falta-nos ter o financiamento dos fundos comunitários para que a obra avance”. Acrescentou ainda que, “assim que nos derem o parecer positivo a obra terá logo início”.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

 

 

Após aprovação em reunião de Câmara está previsto para o concelho de S. Pedro do Sul a construção de uma ciclovia que ligará Negrelos às Termas. A obra irá ser candidatada ao próximo Quadro Comunitário de Apoio, que se prevê para finais de 2014. Terá um custo superior a 350 mil euros e uma extensão de 4,5 quilómetros. Para o presidente da Câmara Municipal de S. Pedro do Sul, Vítor Figueiredo, esta obra é importante na medida em que “aproveitará um espaço já existente, mas que necessita de ser requalificado”.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

 

 

Hoje, dia 24 de Dezembro, véspera de Natal a magia está no ar. Correria, sorrisos, desejos e mil e uma emoções caracterizam esta época natalícia, que antecede o fim de mais um ano. No concelho de S. Pedro do Sul, desde a iluminação, que brinda algumas rotundas e a fachada da Câmara Municipal, até às várias actividades desenvolvidas, como sejam as tocatas de alguns ranchos do concelho que percorreram ruas da Cidade, o concerto de Natal, as sessões de teatro, entre outras, têm feito desta quadra natalícia um momento de confraternização e de esperança. Para o último dia do ano, 31 de Dezembro, o Grupo Musical “Jorge Manuel” vai subir ao palco pelas 22 horas para animar o ambiente, que vai sendo aquecido pelas tradicionais fogueiras. O fogo-de-artifício rebentará nos céus de S. Pedro, à meia-noite, para brindar o novo ano – 2014. Esta actividade vai te lugar no largo da Câmara Municipal. A participação nas actividades é gratuita.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

 

 

No âmbito da operação “Comércio Seguro”, que está a decorrer a nível nacional até o dia de hoje, 24 de Dezembro, no concelho de S. Pedro do Sul a acção foi realizada no dia 19, entre as 10 e as 11h30. No terreno estiveram dois militares da Secção de Programas Especiais do Destacamento Territorial de Viseu que percorreram alguns espaços comerciais da Cidade realizando acções de sensibilização e entregando desdobráveis com conselhos de segurança. Mas ninguém melhor que a Guarda Eduarda Rebelo e o Guarda Filipe Martins para nos falarem sobre que medidas os comerciantes devem adoptar para se protegerem, bem como o seu negócio. Neste sentido, os militares destacaram a importância dos mesmos adoptarem um sistema de vídeo vigilância; colocarem fechaduras de boa qualidade nas portas e janelas; não deixarem acumular quantias elevadas na caixa, retirando sistematicamente as notas de maior valor; serem prudente ao abrir e fechar a loja, principalmente se estiver sozinho, entre outras situações”.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

 

 

Desde o início das obras na Rua Direita, integradas na Requalificação Urbana do Centro Histórico da Cidade de S. Pedro do Sul, que os comerciantes se queixam dos incómodos causados pelo impedimento do trânsito automóvel. Contudo, assim que as obras terminaram, havendo a possibilidade do mesmo voltar a passar por esta artéria, os comerciantes descontentes por tal não acontecer fizeram um abaixo-assinado e reuniram com o actual Executivo Camarário com vista à resolução desta situação. Contudo, numa dessas últimas reuniões, um grupo de comerciantes desta artéria da Cidade disse ao “Notícias de Lafões” que o presidente da Câmara Municipal de S. Pedro do Sul, Vítor Figueiredo, mostrou-se disponível em ajudar e que o trânsito voltaria a passar pela Rua Direita, mesmo que a título excepcional e experimental durante o corrente mês de Dezembro. Contudo, mostram-se agora descontentes ao verificar que essa circulação é apenas permita para cargas e descargas.

Leia notícia detalhada na edição impressa.