O jantar solidário de São Martinho, que a Associação de Solidariedade Social de Lafões – ASSOL levou a efeito, no passado dia 15 de Novembro, à noite, no Centro de São Pedro do Sul, “superou as expectativas”. Esta garantia foi dada pela coordenadora do referido Centro, Lurdes Fernandes, que explicou ao “Notícias de Lafões” que esta acção aconteceu pela “sétima vez consecutiva” e que tem por objectivo “angariar algumas receitas para as actividades” realizadas pela instituição ao longo do ano, mas também por “promover o convívio entre as pessoas que por várias razões mantêm ligações connosco”. Sobre o balanço, Lurdes Fernandes não teve dúvidas ao referir que foi “muito positivo, como tem sido ao longo dos últimos anos”, destacando que “apesar da conjuntura económica que se atravessa a adesão foi surpreendentemente boa”.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

O grupo de “Amigos de S. Pedro do Sul Cidade Termal”, com uma página no facebook, está a levar a efeito, desde o mês passado, um concurso de fotografia que tem por intuito mostrar o concelho nesta época do ano. "Outono em São Pedro do Sul 2013" é o nome deste projecto que já conta com uma grande adesão. Em conversa com o “Notícias de Lafões”, João Damas, um dos administradores da página, que já conta com mais de quatro mil amigos, disse-nos que “o que pretendemos é que as pessoas participem e ilustrem S. Pedro do Sul”.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

Durante dois dias, 9 e 10 de Novembro, a localidade de Macieira, em Sul – S. Pedro do Sul, recebeu mais uma edição da Festa da Castanha e do Mel. Tratou-se da décima quinta edição de um evento que já é tradição e que teve como mote a boa gastronomia, aliada às tradições e à animação. A castanha e o mel voltaram assim a “brilhar” neste evento que contou com a organização da Câmara Municipal de S. Pedro do Sul e da Casa Recreativa Macieirense, com o apoio da Junta de Freguesia de Sul e da Associação das Aldeias do Magaio. Assim, com o objectivo promover os produtos locais e as suas tradições, chegou ao fim mais uma edição da Festa da Castanha e do Mel, com a promessa de que para o ano há mais.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

Com o objectivo de angariar fundos para a realização de eventos futuros, um grupo de comerciantes da Cidade de S. Pedro do Sul levou a efeito, no Dia de São Martinho, 11 de Novembro, a partir das 17h30, um conjunto de acções, que passaram pelo convívio e pela boa gastronomia. A festa decorreu no largo junto ao Cine-Teatro S. Pedro com mesas e cadeiras à volta e uma grelhador ao canto que serviu para assar as castanhas e as fêveras e aquecer os mais friorentos. As castanhas, a jeropiga, os grelhados, o vinho do porto e o caldo verde marcaram presença, numa acção que estava prevista decorrer até às 23 horas, mas dado o seu sucesso, com o término dos bens de consumo, a mesma acabou às 21 horas. Um euro foi o preço estipulado pela organização por cada porção da gastronomia adquirida, sendo que as bebidas, à excepção do vinho do porto e da jeropiga, tinham de ser compradas nos restaurantes e cafés das redondezas.

Leia notícia detalhada na edição impressa.

O Jardim-de-Infância da Misericórdia de S. Pedro do Sul está a abraçar, pelo segundo ano consecutivo, o Dia Nacional do Pijama, sob o lema “Crianças que ajudam outras crianças”. Solidariedade e partilha são mote para esta acção que acontece amanhã, dia 20 de Novembro, e que pretende sensibilizar a comunidade para o direito de uma criança crescer numa família. Assim, neste dia, todas as crianças até aos seis anos, das escolas e instituições participantes, vêm vestidas de pijama para a escola e passam o dia a realizar actividades. Também e como forma de angariar fundos, as crianças levaram para as suas residências um mealheiro de papel e com o formato de uma casa, para que neste período possam, junto de seus familiares, angariar donativos que ali serão “depositados”, ajudando assim outras crianças. O mealheiro “Casa do Pijama” deverá ser entregue nas instituições de ensino até ao dia 20 de Novembro, para que posteriormente sejam reencaminhados para a Fundação Mundos de Vida, entidade promotora da acção. Para mais informações, pode visitar o site www.mundosdevida.pt

Leia notícia detalhada na edição impressa.